- Dificuldade em ver ao perto a partir dos quarenta anos?

Presbiopia resulta de processo evolutivo com o avançar dos anos.

dificuldade-em-ver-ao-perto-a-partir-dos-quarenta-anos.jpg

Esticar o braço para conseguir ler a bula dos medicamentos, ver o jornal ou preencher o boletim do Euromilhões, são alguns dos comportamentos de quem sofre de presbiopia - dificuldade em ver ao perto ou, como popularmente é dito, vista cansada. "Este problema surge a partir dos quarenta anos e é muito comum, é um sinal de que a idade avança. Quanto mais longe estiver o objeto, melhor vê a pessoa com presbiopia; quanto mais perto, pior vê, isto se não tiver qualquer outro problema de visão", diz Manuel Monteiro Grillo, presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia. A explicação para a dificuldade em ver ao perto está no cristalino, uma espécie de lente que está dentro do olho. "Desde cedo, o cristalino perde a capacidade de aumentar o poder dióptrico. Há crianças que aproximam muito os objetos dos olhos e conseguem ver com clareza mas isso vai-se perdendo. É um processo natural, evolutivo, não é uma doença", afirma o oftalmologista. A correção pode ser feita através de óculos, lentes de contacto multifocais ou cirurgia.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/dificuldade-em-ver-ao-perto-a-partir-dos-quarenta-anos

Informação consultada em:
http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/dificuldade-em-ver-ao-perto-a-partir-dos-quarenta-anos

#Presbiopia #visao #olhos #optometista #exameVisual #AlbertoOculista